Ferreira, na Língua do P

Uma reportagem de Hugo Marques, na Veja, mostra como, depois de Delúbio Soares e João Vaccari Neto, outro tesoureiro do PT pode acabar em cana.

A PF acredita que Paulo Ferreira seja beneficiário do esquema de corrupção dentro do Ministério do Planejamento. Quem o entregou foi Alexandre Romano. Antes dele, um dos meliantes que colaboram com a polícia nesse caso havia dito que o seu contato no PT era um “Paulo Pereira”. É Ferreira, na Língua do P.