ACESSE

FHC critica agenda 'ultraliberal' de Paulo Guedes

Telegram

Na entrevista que deu à BBC Brasil em Londres, Fernando Henrique Cardoso elogiou a reforma da Previdência, mas criticou o que chamou de agenda “ultraliberal” de Paulo Guedes.

“Na situação do mundo hoje, um fio desencapado pode levar a um curto-circuito”, disse o tucano, referindo-se aos protestos no Chile e em outros países. “Eu quero isso? Não, mas pode acontecer. Eu acho que essa política ultraliberal dificilmente se implanta na sociedade brasileira.”

O ex-presidente também classificou de “quase ridícula” a criação, pelo governo, de uma alíquota de 7,5% sobre o seguro-desemprego –para ele, a medida é ideia de políticos que vivem “numa bolha” e desconhecem a “realidade brasileira”.

“”Eu sou mais liberal que estatizante, mas não sou ultraliberal. Acho que tem de ter equilíbrio e noção das necessidades concretas das populações”, declarou FHC.

A VIZINHANÇA RADIOATIVA DO BRASIL. Leia mais

Comentários

  • Carmen -

    Veste o pijama!!!!!

  • João -

    Velho ultrapassado e imbecil ! Não entende e nunca entendeu nada de Economia ,seu único mérito foi não interferir no Plano Real ! Tinha que ser um sociólogo esquerdista !

  • RENATO -

    Cala a boca! Sua opinião virou LIXO. Põe seu pijama e fica em casa em meio a seus pensamentos sócio-retrógrados.

Ler 157 comentários