FHC e Marta Suplicy defendem união para 2022

Em live nesta quarta-feira (26), Fernando Henrique Cardoso e Marta Suplicy defenderam a união de forças para a disputa presidencial de 2022 contra Jair Bolsonaro, registra O Globo.

O ex-presidente e a ex-prefeita de São Paulo elogiaram as declarações de Lula de que o PT pode não ter candidato próprio na próxima eleição presidencial –ou seja, ao que parece, acreditaram na palavra do ex-presidiário.

A ex-petista e o tucano também fizeram elogios à proposta do governador da Bahia, o ainda petista Rui Costa, pela formação de uma frente ampla para discutir “um projeto para o país”.

“Sou favorável a somar forças. Estamos numa situação muito complicada. Não pode deixar que as liberdades desapareçam. Que a democracia desapareça. E pode desaparecer”, declarou FHC.

Marta, por sua vez, defendeu união para combater o que chamou de “desmonte autoritário” do Brasil e disse que as conversas para 2022 devem começar agora.

O Antagonista pondera que, se as conversas “começarem” agora, já estarão atrasadas, uma vez que Bolsonaro colocou o bloco da reeleição na rua.

Leia mais: Cerco à Lava Jato beneficia petistas e tucanos
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 82 comentários
TOPO