ACESSE

FHC e o procurador-geral da República 'obsequioso'

Telegram

Fernando Henrique Cardoso foi às redes sociais dizer que, “se o procurador-geral [da República] continuar obsequioso com quem o nomeou. vai desagradar os procuradores e decepcionar o país”.

“Dá [sic] prosseguimento a uma acusação não é julgar nem condenar, mas exercer seu ofício. É o que dele se espera”, acrescentou o ex-presidente.

O tucano estava falando de Augusto Aras, mas bem poderia ser de Geraldo Brindeiro –o PGR que, em seu governo, ganhou o apelido de “engavetador-geral da República”.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 97 comentários