ACESSE

FHC volta a defender renúncia de Bolsonaro: "Deixa o Mourão tomar conta"

Telegram

FHC voltou hoje a pedir a renúncia de Jair Bolsonaro.

“Entre o Bolsonaro e o Mourão, me parece, o Brasil fica mais tranquilo com Mourão”, disse o tucano em entrevista à Rádio Gaúcha. “Deixa o Mourão tomar conta.”

Segundo o ex-presidente, “o peso [do cargo] é muito grande para ele [Bolsonaro]”. “O melhor seria que ele tomasse juízo”, afirma.

“O Brasil precisa de um rumo. É melhor ter um caminho do que não ter nenhum. […] Eu acho que está faltando no Brasil um sentimento de responsabilidade de estadista.”

FHC também falou sobre Sergio Moro, que deixou o Ministério da Justiça acusando Bolsonaro de tentativa de interferência na PF.

“No caso do Moro, não me parece uma pessoa leviana. Agora ele terá que mostrar aquilo que disse”, afirmou.

Na sessão solene do Congresso em comemoração aos 20 anos de lançamento do Plano Real, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que o Brasil precisa, no momento, de novos rumos e do "entusiasmo" das novas gerações Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FAKE NEWS; É JORNALISMO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 137 comentários