“Ficamos pelados na rua”, diz presidente da Andrade Gutierrez

Em entrevista à Folha, o presidente da Andrade Gutierrez, Ricardo Sena, admite que o maior erro da empreiteira foi ignorar que o Brasil estava mudando. Segundo ele:

“Até 2000, por aí, o Brasil ainda era um país em que as coisas eram capazes de acontecer —para o bem e para o mal, com corrupção ou sem. Se você procurasse lá o presidente da Eletrobras e falasse: olha não tem gás, custou assim, ele mandava estudar e pagava. Isso acabou. O que é bom para o país ter alguém fiscalizando. Nós é que não percebemos que o Brasil mudou e continuamos assinando contrato assim para depois resolver.”

O resultado?

“Você ficou pelado no meio da rua. Fomos pegos assim.”

Faça o primeiro comentário