Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Filho de Flordelis volta a dizer que mãe mandou carta pedindo para ele assumir autoria do crime

Filho de Flordelis volta a dizer que mãe mandou carta pedindo para ele assumir autoria do crime
Reprodução/YouTube/TV Câmara

Lucas Cézar dos Santos de Souza, um dos filhos de Flordelis, disse nesta segunda (19) ao Conselho de Ética da Câmara ter recebido instruções, dentro da cadeia, para assumir a autoria da morte de Anderson do Carmo.

“Recebi, recebi sim. Através das advogadas do Flávio [dos Santos Rodrigues, irmão dele]”, disse Lucas, que está preso em um presídio de São Gonçalo (RJ), ao Conselho.

“A carta – eu cheguei no presídio dias depois do Flávio. O Flávio falou para mim lá na cadeia, a gente morava na mesma cela junto, ele falou pra mim que conhecia, tinha um cara lá dentro da cadeia lá, que a mulher dele conhecia a minha mãe e ia ajudar a gente lá dentro. E minha mãe mandava carta com frequência para mim. E uma dessas cartas ela mandou, mandou pedindo para mim assumir a autoria do crime. Senão podia atrapalhar ela, estavam querendo prender ela, podia prejudicar o Flávio, que ela não ia me abandonar, ia me dar toda a assistência”, acrescentou Lucas.

“Inclusive [a carta] tinha a assinatura dela”, afirmou Lucas.

Lucas disse que seu irmão Flávio rasgou e jogou fora “as cartas”.

Segundo Lucas, em troca de assumir a autoria do crime a proposta foi ‘toda a assistência’ na cadeia.

Lucas Souza já havia dado depoimento semelhante à Polícia Civil. Ele acusou sua mãe, Flordelis, de ser a responsável por escrever a carta, e afirmou que apenas copiou o texto dentro do Presídio Bandeira Stampa, onde estava antes de ser transferido para São Gonçalo.

Esta é mais uma sessão em que o Conselho de Ética da Câmara ouve pessoas já investigadas pelo inquérito policial (ou os próprios delegados). Ou seja, o Conselho está ‘refazendo’ trabalho já feito pela polícia.

Leia também:

Nada aconteceria sem aval de Flordelis, diz delegada ao Conselho de Ética

Delegado diz que Flordelis mandou matar marido e não pode continuar solta

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO