FILHOS DE CUNHA E CABRAL DEVEM FICAR FORA

Com 43% dos votos apurados no Rio, Danielle Cunha, filha de Eduardo Cunha, tem menos de 3.000 votos e Marco Antônio Cabral, filho de Sérgio Cabral, menos de 5.000 votos, registra Lauro Jardim.

A contar pela performance de outros candidatos da coligação de ambos, os dois não devem se eleger para a Câmara.

Sim, há uma proposta autoritária nesta eleição. Você precisa saber disso clicando AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 7 comentários
  1. Qual será o valor que o IBOPE e datafolha receberam para divulgar tanta discrepancia nas pesquisas? Engraçado: tudo a favor dos vermelhos. Foram pagos com verdinhas? Lá de fora?