Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Filipe Martins chama assessor de Bolsonaro de 'membro original' do gabinete do ódio

Mensagem de Martins está em poder da CPI da Covid; acusado de espalhar desinformação, Tércio Arnaud Tomaz já teve seu sigilo quebrado pelo colegiado
Filipe Martins chama assessor de Bolsonaro de membro original do gabinete do ódio
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Em mensagens que estão em poder da CPI da Covid, o assessor internacional da Presidência Filipe Martins chama outro assessor de Jair Bolsonaro, Tércio Arnaud Tomaz, de “membro original” do chamado gabinete do ódio.

Tomaz, integrante do grupo de assessores que trabalham no Palácio do Planalto com foco nas redes sociais, é acusado de difundir desinformação para atacar adversários políticos do presidente e já teve seu sigilo quebrado pela CPI da Covid.

Mais cedo, conforme publicamos, O Globo reproduziu mensagem do youtuber bolsonarista Bernardo Küster em um grupo de WhatsApp que dizia recebi ordens do GDO pra levantar forte a tag #doriapiorquelula”. Küster alegou ter escrito em tom de brincadeira.

Mais notícias
TOPO