Fim da Lava Jato em SP é alívio para cúpula do governo Doria

Fim da Lava Jato em SP é alívio para cúpula do governo Doria
Foto: Zanone Fraissat/Folhapress

O desmonte da Lava Jato em São Paulo, que a partir desta quarta (30) será a “força-tarefa” de uma pessoa só —a procuradora Viviane Martinez—, é um alívio para a cúpula do governo João Doria, relata Fabio Leite na Crusoé.

No vasto acervo que agora ficará apenas com a procuradora estão delicadas investigações que envolvem, por exemplo, o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, e o ex-ministro e secretário licenciado da Casa Civil, Gilberto Kassab.

LEIA AQUI a íntegra da reportagem; aproveite para assinar a Crusoé e apoiar o jornalismo independente.

Leia mais: Diogo Mainardi: 'Anta agoniza'
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO