Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fiocruz diz que vacinas aplicadas fora da validade não foram envasadas por ela

Além da vacina da AstraZeneca envasada pela Fiocruz, Brasil recebeu vacinas prontas da Índia e via Covax
Fiocruz diz que vacinas aplicadas fora da validade não foram envasadas por ela
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Fiocruz publicou nota nesta sexta (2) informando que as doses da vacina AstraZeneca que teriam sido aplicadas fora da validade não foram envasadas pela instituição.

A nota é resposta a uma reportagem da Folha publicada hoje, com o título ‘Milhares no Brasil tomaram vacina vencida contra Covid; veja se você é um deles‘.

Segundo a Fiocruz, “[p]arte dos lotes (com numeração inicial 4120Z) é referente aos quantitativos importados prontos do Instituto Serum, da Índia, chamada de Covishield, e entregues pela Fiocruz ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde (MS) em janeiro e fevereiro deste ano. Os demais lotes apontados foram fornecidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS)”.

A Fiocruz envasa a vacina da AstraZeneca usando IFA importado. Porém, além dessas vacinas, o Brasil também já recebeu doses importadas prontas para uso: do Serum e via consórcio Covax.

“A Fiocruz está apoiando o PNI na busca de informações junto ao fabricante, na Índia, para subsidiar as orientações a serem dadas pelo Programa àqueles que tiverem tomado a vacina vencida”, acrescenta a nota.

A Anvisa, por sua vez, destacou em nota que “não recebeu pedido de análise sobre a ampliação do prazo de validade da vacina da AstraZeneca ou foi consultada sobre a aplicação do produto fora do prazo definido em bula”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO