Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fiocruz interrompe por duas semanas entrega de vacinas

Paralisação se dá por demora na entrega do IFA, cuja importação vem diminuindo a cada mês; contrato com a AstraZeneca previa transferência de tecnologia
Fiocruz interrompe por duas semanas entrega de vacinas
Foto: Myke Sena/MS

A Fiocruz irá interromper por duas semanas a entrega de vacinas contra a Covid para o Programa Nacional de Imunizações. A paralisação se dá por causa da demora na entrega do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), que ainda não é produzido no Brasil — apesar de o contrato com a AstraZeneca prever a transferência de tecnologia.

Nesta sexta-feira (3), a instituição recebe mais um lote da matéria-prima, suficiente apenas para a produção de 4,5 milhões de doses.

Em nota, a Fiocruz ressaltou que essa remessa de IFA, somada a duas anteriores recebidas nos dias 25 e 30 de agosto, irá compor 15 milhões de vacinas que serão entregues ao PNI em setembro.

A remessa de vacinas contra a Covid entregues pela Fiocruz ao Programa Nacional de Imunizações vem caindo mês a mês desde maio, devido à diminuição da quantidade de IFA importado.

De acordo com levantamento feito pela CNN, “a queda nas entregas entre maio e julho foi de 30%. Entre maio e agosto, a produtividade despencou 46%”. “O mês de agosto terminou com menos doses entregues do que os quatro anteriores, representando o terceiro mês de queda.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO