Fiocruz negocia novas importações da vacina de Oxford

Fiocruz negocia novas importações da vacina de Oxford
Foto: Aurélio Pereira/MS

Com a previsão de que o Ingrediente Farmacêutico Ativo chegue da China só em fevereiro, a Fiocruz negocia com a AstraZeneca importação de mais doses prontas da vacina de Oxford produzidas no instituto Serum, da Índia.

“Estamos trabalhando com a possibilidade junto a AstraZeneca de doses prontas de vacinas até que esse gap [no fornecimento do IFA] possa ser superado, sempre com o objetivo de trazer de forma mais rápida possível para nossa população a vacina”, disse a presidente da fundação, Nísia Trindade Lima.

A Fiocruz planeja produzir 210,4 milhões de doses no Brasil neste ano, sendo 100,4 milhões no primeiro semestre, com IFA importado da China; e mais 110 milhões com IFA a ser produzido internamente, com transferência de tecnologia.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO