Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fiocruz reduz, de novo, previsão de entrega de vacinas

Estimativa foi reduzida de 110 milhões para 100 milhões de doses; segundo a fundação, expectativa era produzir 100% dos imunizantes com IFA nacional, o que não deve acontecer
Fiocruz reduz, de novo, previsão de entrega de vacinas
Foto: André Az (CCS/Fiocruz)

A Fiocruz reduziu a previsão de entrega de vacinas contra a Covid no segundo semestre de 110 milhões para 100 milhões de doses, registra O Globo.

A informação foi divulgada por Maurício Zuma, diretor do Bio-Manguinhos —unidade da fundação responsável por produzir vacinas—, e por Nísia Trindade, presidente da Fiocruz, em coletiva nesta quarta-feira, 2.

Antes, a expectativa era que o total fosse produzido com IFA nacional. Agora, a projeção é que sejam entregues 50 milhões de imunizantes com produção 100% nacional e mais 50 milhões com insumo importado, que está sendo negociado.

“Houve problemas em vários sítios de produção, por ser uma tecnologia nova. São coisas que só no processo de desenvolvimento é possível saber”, alegou Nísia.

O Antagonista já perdeu a conta das vezes em que a Fiocruz —ou o Ministério da Saúde— anunciou uma estimativa de produção de vacinas e teve que reduzir o número só em 2021. Ao que parece, todo mês há uma “revisão”.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO