Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fiocruz: tendência de queda de mortes por Covid se mantém, mas casos aumentam

Para especialistas, números indicam nova fase da pandemia no Brasil, com intensa circulação do vírus, mas menos impacto sobre internações e óbitos graças ao avanço da vacinação
Fiocruz: tendência de queda de mortes por Covid se mantém, mas casos aumentam
Foto: Governo de Brasília

A nova edição do Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz apontou, por mais uma semana, a tendência de queda no número de mortes e nos indicadores de ocupação de leitos de UTI de Covid para adultos no SUS, informa O Globo.

Por outro lado, foi registrado aumento no número de casos no Brasil.

Para especialistas, é um indício da nova fase da pandemia no Brasil, em que há intensa circulação do vírus, mas —graças à vacinação— com menor impacto sobre as demandas de internação e sobre o número de mortes.

Os pesquisadores da Fiocruz salientam, porém, que “os números de casos (média de 46,8 mil casos novos por dia) e de óbitos (1.160 óbitos por dia) estão ainda em patamar muito elevado”.

Hoje, no país, apenas Goiás (86%) e o Distrito Federal (83%) estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid superiores a 80% —embora, no segundo caso, o dado seja um reflexo da retirada de leitos.

Segundo o Ministério da Saúde, o país vacinou mais de 59,6% da população adulta com pelo menos uma dose da vacina e cerca de 23% com o esquema completo de imunização.

Até o momento, as pesquisas indicam que só as pessoas completamente vacinadas (com duas doses, no caso da maioria dos imunizantes aplicados no Brasil) estão protegidas contra a variante Delta do coronavírus.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO