“Fiscalização de contrato não é responsabilidade de ministro”, alega Crivella

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, divulgou nota sobre o bloqueio de seus bens, decorrente de supostas fraudes na época em que exercia o cargo de ministro da Pesca e Aquicultura do governo de Dilma Rousseff, entre 2012 e 2014.

“Em relação à decisão do juiz federal da 20ª Vara do Distrito Federal, vale ressaltar que foi determinada realização de sindicância no Ministério da Pesca e o contrato foi cancelado antes mesmo da manifestação da Controladoria Geral da União (CGU). Cabe esclarecer que não é da responsabilidade de um ministro de estado a fiscalização de contrato.”

Justiça do DF bloqueia R$ 3,1 mi de Crivella e mais oito

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. luizs disse:

    O cara disse que não conseguiria colocar uma minhoca no anzol. Mas..,

Ler comentários
  1. Rodrigo disse:

    Ainda falta saber qual é a responsabilidade de um ministro da Pesca, cargo que nem devia existir.

  2. Bolça -peixe pra todos, disse:

    Deve ter fornecido seguro defesa pra tudo que é irmão na sua igreja.

  3. Cláudio disse:

    Como não seu Crivella!!!!!!!!!!!!!!! Por acaso o prefeito não lê o que assina!!!!!!!!!!!!!!!!????????w

  4. SPA CURITIBA disse:

    O bispo tem razão , a responsabilidade é do porteiro , aquele moço que nos dá bom dia quando chegamos p/mais um dia de trabalho.

  5. Marco Bettega disse:

    Ministério da Pesca . . .meu Deus! Algo tão exótico que só saiu da cabeça da pelegada continua existindo e dando custo à sociedade.

  6. Alberto disse:

    Então o ministro de estado serve para quê? Roubar a verba? Só isso? kkkkkkkk

  7. marcelo 1968 disse:

    corretíssimo claro que não Sr crivella quem fiscaliza é TCU cabe ao ministro a agenda da necessidade e a prioridade após isso certificar-se da total lisura e transparência processo. cumprindo todas as etapas da licitação assegurando a livre concorrência a todos. ops.. deu problema

  8. Armando disse:

    É claro que não é o próprio ministro ou o gestor do órgão contrante que fará pessoalmente a fiscalização do contrato. Mas a gestão e a fiscalização do contrato é primeiramente de responsabilidade da contratante e o ministro, no caso em tela, tem a obrigação de determinar que o contrato seja fiscaliz

  9. BEM FEITO disse:

    Quem serviu (ou serve) o PT e seu (des)governo merece , no mínimo, a DESONRA.

  10. Siará disse:

    o bispo Crivella tem razão ministro não tem responsabilidade

  11. VENDEM A MÃE E TRAEM DEUS disse:

    Quando a CASA cai, Malacos Políticos dizem que não tem nada com isto, mas Vendem a mãe e fazem Delivery por Cargo público!!

  12. Jose Reis Barata Barata disse:

    Crivella, vai ver que a responsabilidade era do porteiro. Não é mesmo? Não! Com essa resposta você demonstra não reunir as mínimas condições exigíveis para exercer uma função ou cargo público. Aprende antes que seja tarde o MORO te pegue: responsabilidade é indelegável! O que se delega é autoridade.

  13. Jose Reis Barata Barata disse:

    Com esse conceito (do Crivella) de cargo público jamais um Chefe no serviço público seria responsabilizado, suficiente usar o estilo lula: NÃO SEI DE NADA. lula está preso e dilma, impeachment.

  14. Cribral disse:

    Esse Crivella está mais para discípulo de Cabral a discípulo de Jesus.

  15. Renato disse:

    Sou de Brasília, então é muito comum você ir na esplanada do ministério e ver ministério disso, ministério daquilo, ministério de não sei o que...Mas quando vi esse tal de ministério de pesca e aquicultura, nossa como achei estranho. Um ministério todo só para pesca, quem deu essa ideia idiota?

  16. HELL CAT disse:

    Não é mesmo. Só o recebimento da propina que é.