Flávio acusa Kajuru de gravar Bolsonaro 'sem consentimento'; leia íntegra da ação no Conselho de Ética

Flávio acusa Kajuru de gravar Bolsonaro sem consentimento; leia íntegra da ação no Conselho de Ética
Reprodução

Como antecipamos mais cedo, Flávio Bolsonaro apresentou ao Conselho de Ética do Senado uma representação contra Jorge Kajuru por quebra de decoro parlamentar.

No documento (íntegra abaixo), ele diz que o colega fez uma “gravação clandestina” da conversa com Jair Bolsonaro e que ao divulgar o conteúdo, “causou danos e fissuras relevantes em desfavor do Senado Federal, do Presidente da República, da própria harmonia entre os poderes e, diga-se, em desfavor do povo, o maior interessado na normalidade institucional”.

Na conversa, Bolsonaro incentivou Kajuru a ampliar o objeto da CPI da Covid para estados e municípios, de modo a tirar o foco do governo federal, e a tentar avançar com o processo de impeachment de Alexandre de Moraes.

 Em vídeo divulgado sobre a ação, Flávio afirmou que a gravação foi feita “sem o consentimento e autorização” de Bolsonaro. “E pior, sem nenhuma justa causa, sem nenhuma razão que o levasse a fazer isso, ainda dá publicidade ao teor da conversa”, disse.
Leia aqui a íntegra da representação.

Assista ao vídeo de Flávio Bolsonaro:

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO