Flávio Dino: Bolsonaro age como 'batedor de carteira' que grita 'pega ladrão'

Flávio Dino: Bolsonaro age como batedor de carteira que grita pega ladrão
Foto: Gilson Teixeira/PCdoB

Em entrevista a O Globo, Flávio Dino afirmou que incluir governadores e prefeitos na mesma CPI do Senado que investigará as ações do governo federal no combate à pandemia da Covid fará com que as apurações não andem.

O governador do Maranhão, que é do PC do B, comparou a tática adotada por Jair Bolsonaro, que defende a investigação de estados e municípios na CPI, com a de um “batedor de carteira” que grita “pega ladrão para poder fugir”.

Dino também afirmou que a conversa do presidente com Jorge Kajuru, divulgada no último fim de semana, deixa “muito nítido” que Bolsonaro estava “articulando pedido de impeachment do ministro do Supremo para fazer um arrego geral. Colocar todo mundo de joelho: governadores, o Senado, o Supremo. A gravação confirma que é um déspota”.

Segundo o governador maranhense, não haverá problema em abrir uma outra CPI para analisar os repasses federais a estados e municípios.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO