Flávio Dino diz que Bolsonaro tem 'amor pela guerra'

Em entrevista à Folha, Flávio Dino, reeleito governador do Maranhão do PC do B, disse que buscará ter uma “relação institucional respeitosa” com Jair Bolsonaro.

Ao mesmo tempo, afirmou que os primeiros dias do presidente “mostram um traço muito preocupante (…) que é o de criar conflitos, como se fosse um amor pela guerra”.

“O presidente atendeu ao pedido do Ceará de envio da Força Nacional, mas fez criando conflito. Criticou o governador [o petista Camilo Santana], dizendo que ele é radical”, disse Dino.

“Ele trata o envio da Força Nacional como se fosse um favor. Não é um favor, é um dever, uma obrigação. São os estados que mantêm a Força Nacional”, acrescentou.

Comentários

  • Aurélio -

    Todo comunista é um FDP.

  • Alexandre -

    Cala boca Dino....diria Fred Flintstones.

  • Annibal -

    Se Bolsonaro tivesse amor pela guerra iria morar no Maranhão, pertinho de Pedrinhas.

Ler 119 comentários