ACESSE

Flávio Dino diz que Bolsonaro tem 'amor pela guerra'

Telegram

Em entrevista à Folha, Flávio Dino, reeleito governador do Maranhão do PC do B, disse que buscará ter uma “relação institucional respeitosa” com Jair Bolsonaro.

Ao mesmo tempo, afirmou que os primeiros dias do presidente “mostram um traço muito preocupante (…) que é o de criar conflitos, como se fosse um amor pela guerra”.

“O presidente atendeu ao pedido do Ceará de envio da Força Nacional, mas fez criando conflito. Criticou o governador [o petista Camilo Santana], dizendo que ele é radical”, disse Dino.

“Ele trata o envio da Força Nacional como se fosse um favor. Não é um favor, é um dever, uma obrigação. São os estados que mantêm a Força Nacional”, acrescentou.

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 117 comentários