ACESSE

Flávio e esposa omitiram R$ 350 mil na compra de loja, diz MP

Telegram

Segundo o Ministério Público do Rio, Flávio Bolsonaro e sua mulher, Fernanda Bolsonaro, omitiram de suas declarações de Imposto de Renda R$ 350 mil investidos na compra de uma loja de chocolates.

Diz O Globo:

“Os promotores identificaram a omissão depois de cruzar os dados bancários e fiscais de Flávio e Fernanda a partir das quebras de sigilo autorizadas pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), em abril do ano passado. No depoimento prestado ao MP-RJ, o senador caiu em contradição ao explicar a negociação, confundiu valores e, em muitos momentos, disse não recordar das operações.”

Em contrato assinado em dezembro de 2014, Flávio e seu sócio Alexandre Santini acertaram a compra da loja da C2S Comércio de Alimentos (pertencente a Cristiano Correia Souza e Silva) no valor de R$ 800 mil. Cada um arcou com a metade, R$ 400 mil. Os promotores, porém, encontraram na declaração de Flávio à Receita o pagamento de apenas R$ 50 mil para a empresa de Cristiano.

Mesmo sem ser sócia da empresa, a mulher do senador transferiu R$ 350 mil para a C2S em fevereiro do ano seguinte, quitando a parte que seria de Flávio na aquisição da loja. Esse valor não foi declarado à Receita.

Clique aqui para assistir ao comentário de Claudio Dantas sobre Flávio Wonka Bolsonaro.

Leia mais: CHEQUES DE QUEIROZ A MICHELLE BOLSONARO: O PRÓXIMO CAPÍTULO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 85 comentários