Flávio quer afastar procuradora do Rio de inquérito eleitoral

Flávio quer afastar procuradora do Rio de inquérito eleitoral
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A defesa de Flávio Bolsonaro pediu à Justiça que afaste a procuradora eleitoral Silvana Batini do inquérito eleitoral que o investiga por falsidade ideológica.

Apontou suspeição por causa de postagens nas redes do marido dela, o arquiteto Carlos Augusto Góes, com críticas a Jair Bolsonaro. “Eu avisei, é melhor Jair se arrependendo”, diz uma delas.

“A procuradora impugnada com tudo aquiesceu e a tudo endossou, tanto nas declarações amorosas que recebeu e devolveu, quanto nos dizeres furiosos dirigidos ao presidente da República e, por extensão, aos seus familiares políticos”, diz a petição.

Flávio é investigado por ter declarado valores diferentes para um apartamento em Laranjeiras nas declarações de bens de 2014 e 2016.

Antes, informou que o imóvel valia R$ 565 mil; na eleição seguinte, declarou R$ 423 mil.

Batini foi uma das responsáveis pelo desarquivamento do inquérito e pela sua manutenção com o juiz Flávio Itabaiana, que também supervisionou a investigação sobre a rachadinha.

Leia mais: Leia agora as principais reportagens da nova edição da revista Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO