Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Flávio vota a favor e defende nova Lei de Improbidade

Filho do presidente da República disse que gestores públicos não podem responder a processos por muitos anos, "com uma espada sobre a cabeça"
Flávio vota a favor e defende nova Lei de Improbidade
Foto: Isac Nóbrega/PR

Flávio Bolsonaro votou a favor da nova Lei de Improbidade, a partir da qual só passará a ser considerado crime quando ficar comprovada a intenção do gestor público de lesar a administração pública.

O filho do presidente da República, hoje filiado ao Patriota, alegou que a legislação atual é “eivada de subjetividade”.

“Fala-se aqui de impunidade, mas não é possível, não é razoável que alguém que responda por alguma coisa fique assim por 10, 15, 20 anos com uma espada sobre sua cabeça”, afirmou o senador.

“É preciso que a lei coloque limites objetivos: é o que estamos fazendo aqui hoje”, acrescentou.

Quem também votou a favor da nova Lei de Improbidade foi o senador petista Rogério Carvalho, que, horas antes, na CPI da Covid, bateu boca com Flávio. Os dois deram as mãos para ajudar a aprovar uma legislação que afrouxa a punição para agentes públicos corruptos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO