ACESSE

A ‘flexibilidade’ da CGU

Telegram

Especialistas ouvidos pela Folha dizem que a CGU tem se mostrado flexível nas negociações com a Odebrecht e a Andrade Gutierrez.

“Na terça (19), a CGU informou que a Andrade Gutierrez admitiu ter pago R$ 328 milhões em propina, o equivalente a 37% dos lucros indevidos que obteve no setor público. A Odebrecht, que assinou acordo com o governo em julho, admitiu pagamentos ilegais de R$ 900 milhões, ou 69% dos seus ganhos”.

Para esses especialistas, a discrepância sugere que a CGU tem procurado ajustar os valores de acordo com a capacidade econômica de cada empreiteira.

Temos uma chance única de começar a limpeza do Judiciário. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários