Flordelis a deputadas: "Pelo amor de Deus, não deixem que façam isso comigo"

Flordelis a deputadas: “Pelo amor de Deus, não deixem que façam isso comigo”
A deputada federal Flordelis, fala sobre a morte de seu marido, o pastor Anderson do Carmo.

O Estadão noticia que a deputada Flordelis, mandante do assassinato do marido, segundo a conclusão das investigações, enviou mensagens no grupo de WhatsApp da bancada feminina da Câmara pedindo ajuda.

“Não fui julgada, nem condenada. Fui indiciada, denunciada pela Promotoria. Tenho direito de lutar para provar minha inocência, mas se cassarem meu mandato, estão me tirando o direito de lutar, porque vou para prisão.”

Ela escreveu também:

“Estou sendo denunciada por coisas que não fiz. Não matei meu marido e não mandei matar”, disse a parlamentar acusada. “Querem cassar o meu mandato. Venho aqui pedir a vocês, pelo amor de Deus, não deixem que façam isso comigo. Eu juro que vou conseguir provar minha inocência e que vocês não se arrependerão de me ajudar.”

Flordelis só não está presa em razão da imunidade parlamentar.

Leia mais: 'Crusoé' revelou pagamentos da JBS ao advogado de Bolsonaro e a participação do presidente em operação em favor do grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista. E os repórteres seguem investigando
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 37 comentários
TOPO