Flordelis vai a Brasília para se defender na Corregedoria da Câmara

Flordelis vai a Brasília para se defender na Corregedoria da Câmara
Foto: José Lucena/Futura Press/Folhapress

O Antagonista apurou que a deputada federal Flordelis, do PSD do Rio de Janeiro, estará em Brasília na próxima semana.

Acusada de ter mandado matar o marido, Anderson do Carmo, ela pediu uma audiência na Corregedoria da Câmara, que ontem deu início ao rito do processo que investigará a quebra de decoro parlamentar.

Nesta quarta-feira (2), a Corregedoria tentou, sem sucesso, notificar a deputada em seu gabinete. A notificação precisa ser entregue em mãos. Outras duas tentativas — no apartamento funcional e no endereço de Flordelis em Niterói (RJ) — ainda serão feitas nesta semana, antes de a deputada passar a ser considerada ré no processo interno.

“Caso não consigamos fazer a notificação, haverá uma publicação em Diário Oficial e, a partir daquela data, a deputada torna-se-á ré na investigação que corre na Corregedoria”, disse o deputado Paulo Bengtson, do PTB do Pará, corregedor da Câmara.

Uma força-tarefa, segundo Bengtson, foi montada para tratar do caso Flordelis: três advogados ficarão responsáveis por cuidar exclusivamente desse processo. A Corregedoria ainda aguarda o acesso à íntegra das investigações concluídas no Rio de Janeiro.

“É um caso de comoção nacional e que requer uma atenção especial da Corregedoria e da Câmara dos Deputados. A população cobra uma posição rápida de cada um de nós. Vamos trabalhar em regime de plantão”, afirmou ao site o deputado, por telefone.

Muito provavelmente, o pedido de audiência feito por Flordelis é para que ela, acompanhada de um advogado, apresente sua defesa na próxima semana. Em seguida, a Corregedoria terá até 45 dias para dizer à Mesa Diretora da Câmara se a denúncia tem ou não elementos que justifiquem a instauração de processo por quebra de decoro parlamentar.

“Não usaremos esse prazo, vai ser rápido.”

Hoje, em sua primeira postagem nas redes sociais desde que foi denunciada, Flordelis disse estar sem “qualquer chance de defesa”: leia aqui.

Leia mais: OS R$ 42 MILHÕES DO ADVOGADO DE BOLSONARO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO