“Foi uma luta de Davi contra Golias”, diz senador que derrotou Jucá

Mecias de Jesus, do PRB, que garantiu uma vaga no Senado por Roraima por ter recebido 434 votos a mais do que Romero Jucá, atribui sua vitória “à vontade generalizada do povo brasileiro de mudar”.

“Estávamos enfrentando um senador com 24 anos de mandato, com todos os cargos do governo federal à disposição dele e com o apoio da Prefeitura da capital. Foi uma luta de Davi contra Golias”, disse ele a O Antagonista.

Mecias concorda com o adversário, que se sentiu prejudicado pela Lava Jato.

“Com certeza, a Lava Jato prejudicou a reeleição dele. Mas não foi só isso. O povo de Roraima cansou das promessas do Jucá.”

Na disputa presidencial, o senador eleito com 85.283 votos apoia Jair Bolsonaro.

“Apoiamos o Bolsonaro no primeiro turno e faremos o mesmo neste segundo turno. Só temos ele e o PT. E já vimos que, de Lula à Dilma, o PT não foi um bom exemplo para o Brasil. Precisamos de algo mais sério para o nosso país.”

O Brasil em suspense pelas próximas 3 semanas… O que querem esconder de VOCÊ no 2o turno? Veja AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 21 comentários
  1. Esse aí não é santo , era engraxate e enriqueceu na política . Está envolvido no escândalo dos gafanhotos e aprovoua trem da alegria , quando era presidente da Câmara legislativa de Roraima .

  2. Ainda bem que esse Golias tem pés de barro… parabéns, ao David, Mecias de Jesus. Vamos todos juntos com Jair Messias Bolsonaro e apoiar a retomada do Brasil, para todos os brasileiros. B17

  3. O objetivo dos novos senadores eleitos agora é retirar Renan Calheiros da Presidência do Senado jogando o corrupto para sua insignificância. São somente 41 votos para nos livrarmos desse câncer.

    1. bolsonaro eleito vai fazer funcionar STF que julga quem tem foro privilegiado ai é so questão de tempo deles acharem as tretas do renan