ACESSE

“Fui atendido todas as vezes em que eu precisei falar com Moro”

Telegram

Em sua entrevista à Folha, Luís Carlos Dias Torres, advogado de réus da Lava Jato, afirmou que Sergio Moro sempre esteve disposto a receber os advogados para discutir os casos da operação.

“Não posso falar pelos outros. Posso falar pelo que eu vivenciei: todas as vezes em que eu precisei falar com o doutor Sergio Moro, eu fui atendido. Marquei, discuti o caso com ele. Sempre me recebeu, me ouviu. Não quero dizer que sou especial, é um testemunho daquilo que sempre aconteceu”, afirmou.

Questionado se essa abertura de Moro não seria em decorrência de uma postura colaborativa do réu, Torres respondeu:

“Pode ser. Nunca adotei essa posição de enfrentamento. Até porque, analisando tecnicamente, ela fatalmente iria caminhar para uma condenação muito dura do meu cliente […].

Nós, advogados, ouvíamos os depoimentos, era uma vergonha, uma corrupção escancarada, sórdida. Quando você, enquanto advogado, olha um cenário desses, partir para a defesa clássica, a negação, não acho que seja o caminho.”

Toffoli e Bolsonaro costuram movimentos que apontam para um acordão. Saiba tudo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 76 comentários