Fumaça de privatização na Eletrobras

Fumaça de privatização na Eletrobras
Foto: Analogicus/Pixabay

A privatização da Eletrobras ainda vai demorar um pouquinho, apesar do jogo de cena protagonizado por Jair Bolsonaro para remediar sua trapalhada no caso Petrobras.

Logo no início do texto, reproduzido em fato relevante divulgado pela estatal, está escrito que a MP apenas “possibilita o início dos estudos da modelagem da privatização” pelo BNDES.

“A referida Medida Provisória possibilita o início dos estudos da modelagem da privatização, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, e inclui algumas modificações no texto do Projeto de Lei de desestatização da Eletrobras número 5.877/1209 (“PL”), encaminhado em 5 de novembro de 2019, pelo Presidente da República ao Congresso Nacional, e que ainda não foi aprovado.”

Até hoje, o recorde do BNDES na modelagem de projetos de privatização é de 11 meses, no caso da CEB (Companhia Elétrica de Brasília). 
Confira a íntegra do fato relevante aqui.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
TOPO