Funaro: Geddel demonstrava “naturalidade” ao receber propina

Em sua delação, obtida por O Antagonista, Lúcio Funaro disse que operou para a JBS na Caixa entre 2011 e 2015.

Ele diz que conseguiu, na VP de Pessoa Jurídica, a aprovação de operações para a J&F Holding, Seara, Eldorado, Vigor, Flora e Alpargatas.

Funaro explicou como ele e Geddel atuavam para agilizar a liberação de recursos para a JBS.

Através do pagamento de propinas, tinham acesso a informações privilegiadas e conseguiam preferência na análise dos pedidos.

De R$ 5 bilhões liberados para os irmãos Batista, Funaro recebeu R$ 170 milhões – valor que dividiu com Geddel Cunha e Henrique Alves.

A propina para Geddel era entregue geralmente em malas num hangar do aeroporto de Salvador. Segundo Funaro, o ex-ministro “demonstrava naturalidade ao receber os valores e nunca reclamou de qualquer cobrança dentro da CEF”.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 9 comentários
  1. Parece que estamos vivendo um filme, é surreal, os brasileiros não é esse tipo de gente, nós devolvemos o troco errado da padaria….me recuso acreditar, um pesadelo, por isso que nós só trabalhamos pra sobreviver e não viver!!!!

    1. Não mesmo! E do jeito que esse povo gosta de transportar dinheiro vivo, desconfie de carro transportando político cercado de seguranças e batedores…

  2. E o PMDB e seus MAVS tentando jogar Joesley só no colo do PT. Joesley dividia seu amor (ao dinheiro) com os dois partidos e seus meliantes, é claro. Além das variadas quantias dadas aos outros partidos.

    1. Mas sem esquecer que todas denúncias,delações,são referentes a desvios,empréstimos fraudulentos,propinas,que ocorreram nos governos do Lula e da Dilma.
      Zero de corrupção no governo Temer,tanto na Petrobras,Eletrobrás,banco do Brasil ou caixa,fundos de pensão,etc…

    2. É que no caso de Temer, não deu tempo de roubar muito.Fora isso, ele não iria competir com o o Temeroso.
      Gente bandida e asquerosa. A hora de vocês vai chegar. Aqui ou depois da morte.

    3. Ahh! Sem falar no BNDES,onde acabou a farra do boi,aliás,Friboi.
      E o fechamento da torneira do BNDES,para o grupo Globo,que sugava o banco, as nossas custas.Por isso,os Marinhos piraram e tentaram derrubar o Temer.