Funcef injetou R$ 200 milhões em FIP da OAS

A estruturação de fundos de investimento foi um dos métodos usados pela OAS para alavancar suas operações. Além da “Operação Grêmio, revelada por O Antagonista, a OAS criou o FIP OAS Empreendimentos, que vendeu 21% de suas cotas para a Funcef.

O fundo de pensão dos servidores da Caixa firmou acordo para injetar R$ 400 milhões. Colocou metade desse valor em fevereiro de 2014 e só não integralizou a outra metade porque a Lava Jato estourou naquele março.

R$ 200 milhões viraram pó.