ACESSE

Funcionários do Banco Mundial defendem 'revisão completa' da conduta de Weintraub

Telegram

A Associação de Funcionários do Banco Mundial divulgou nova carta pública nesta quinta (25) para questionar a indicação de Abraham Weintraub para ocupar um cargo na diretoria-executiva da instituição.

Ontem, a Comissão de Ética do banco informou que não pode analisar a conduta do ex-ministro da Educação antes de sua posse na instituição. A associação de funcionários, porém, insiste numa “revisão completa da conduta do senhor Weintraub”.

Leia AQUI a reportagem de André Spigariol e Helena Mader na Crusoé.

Leia mais: A voz livre de Moro: agora ele é colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

  • Cris -

    Que vergonha! O Brasil com Bolsonaro é só vergonha.

  • Oliveira -

    Agora é o baixo escalão nomeando diretor. Os países não mandam nada. KKK

  • Maria -

    Fico pensando como Weintraub vai se adaptar em um país civilizado, onde é intolerável chingar as pessoas. Ele pode perder a boquinha e até ser preso. Será que conseguirá pensar antes de falar?

Ler 31 comentários