Fundão aprovado

Enquanto você almoçava, o Senado aprovou o projeto de lei que regulamenta o fundão de 1,7 bilhão de reais para as campanhas políticas.

Aprovado o projeto, a sessão foi encerrada.

59 comentários

  1. R$1,7 bi no mínimo.
    Em 2018 quem for às urnas votar(*), a sociedade brasileira, estará escolhendo aproximadamente 1.600 representantes para diversos cargos políticos (presidente. senadores, etc.). Indo ou não às urnas, a sociedade brasileira estará pagando aproximadamente R$1,027 mi (no mínimo) para eleger cada representante.
    É muito dinheiro, não podemos perder a noção de valor. Não podemos fazer cálculos por partidos políticos tampouco pelo cargo em questão. Não vale nem custa tudo isto. O Congresso Nacional acostumou a enfiar a mão nos cofres públicos e arrancar a cada dia maiores quantias para enriquecimento ilícito disfarçado em despesas de campanhas eleitorais (ninguém acredita que empresários estavam retirando dinheiro de suas empresas, ou famílias, para bancar campanhas eleitorais para estes “naipes” de políticos/partidos seus velhos conhecidos)
    Fica um pouco pior quando lembramos da impossibilidade de conferência de votos.
    Precisamos protestar já. Se para a renovação de 1.600 cargos for esta fábula de dinheiro, imaginem, melhor, calculem quanto pagaremos para a renovação dos cargos de prefeitos e vereadores.
    (*) Não ir às urnas custa apenas R$3,00 (tentador não?)

  2. e aprovado o projeto de lei que regulamenta o fundão de 1,7 bilhão de reais para as campanhas políticas, a sessão foi encerrada, lógico!!! e alguém duvidava que não seria aprovado???? nossa instituição política apodreceu e, pior, leva consigo o Brasil para o fundo do poço!!! e agora!?!?!? como sempre, o povo escolherá o próximo “messias” que, uma vez mais, receberá a responsabilidade e a incumbência de “mudar” este país para um país melhor, certo!?!?!? e, lógico, com o aval e préstimo dos nobres parlamentares (os de sempre!)… e assim a brasilidade continua, “sambarilovi”!!!

  3. Circo eleitoral: até onde a palhaçada vai – Via das Dúvidas – 22/07/2013

    A propaganda eleitoral na televisão da forma que é feita, distorce e inibe os princípios da verdadeira democracia. E ridiculariza o ato de votar. Deve ser feita urgentemente uma reformulação na maneira de se produzir campanha eleitoral no Brasil, principalmente na televisão. Imagens meramente sensacionalistas, depoimentos visivelmente decorados e palhaçadas. Esses são os métodos usados para atingir o eleitorado brasileiro. Até agora deu certo.

    https://viadasduvidas.wordpress.com/2013/07/22/circo-eleitoral-ate-onde-a-palhacada-vai

  4. O artigo 142 do Manual de Legislação em Causa Própria deveria constar o seguinte:

    Na falta de papel higiênico solte as folhas desta Carta Magna que dará para fazer 142 metros de papel para se limpar!

  5. Isso é para os IMBECIS QUE APOIARAM O FIM DA DOAÇÃO DE EMPRESAS SOB O ARGUMENTO MAIS IMBECIL AINDA DE QUE “EMPRESA NÃO VOTA! EMPRESA VAI PEDIR A FATURAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA” como se esse país de mer-da não tivesse 5 TIPOS DE MINISTÉRIOS PÚBLICOS, 5 TIPOS DE JUDICIÁRIO, MAIS DE 25 TRIBUNAIS DE CONTAS, 3 TIPOS DIFERENTES DE “CASAS LEGISLATIVAS” SÓ PRA FISCALIZAR OS ELEITOS!!!!!!!!!!

    ISSO É PARA VOCÊS APRENDEREM UMA COISA: VOCÊS SÃO BURROS, VOCÊS SÃO RETARDADOS! VOCÊS NÃO PENSAM! VOCÊS SÃO BURROS!!!

    AGORA, POR CAUSA DE VOCÊS, BURROS OPINANTES, O BRASIL ALÉM DE NÃO ELIMINAR O ANTIGO FUNDO INCONSTITUCIONAL PARTIDÁRIO, AGORA AINDA VAI BANCAR AS CAMPANHAS DE PESSOAS PRIVADAS!!!!!!!!!!!!!!!!

    CHU-PA RAÇA PREGUIÇOSA, BURRA E SUBDESENVOLVIDA CHAMADA: BRASILEIRO !

  6. Caros senhores jornalistas: Digam a quantia surrupiada da população com maior exatidão. Que tal os senhores escreverem, quando se referirem à quantia roubada da gente como sendo “um bilhão e setecentos milhões de reais NO MINIMO.”

    1. “Para piorar a situação, o texto aprovado não fixa um limite máximo de recursos públicos para o novo fundo. Os senadores estabeleceram o piso, mas não o teto de um fundo que vinha, em tese, ser uma resposta do Congresso ao clamor da população para não destinar mais recursos públicos aos partidos políticos.”

  7. So se cair um RAIO la em Brasília para acabar com esses corruptos. Não sei mais a quem apelar???? Pai de santo???? Macumba????? PCC????

  8. É fácil perceber quando vocês querem apenas informar , e quando vocês deliberadamente insistem na desinformação e deformação dos fatos.
    O tal do Fundo Público de Financiamento das Eleições não criou nenhuma linha nova no orçamento, e não trará nenhum custo adicional para o governo e para a população.
    É importante dizer isso pois as críticas que se lê na área de comentários demonstra que voc~es estão contribuindo para a imbecilização dos leitores.O como já disse um sábio e bom observador: Os imbecis estão perdendo a modéstia.

    1. Imbecis não percebem, ou não querem perceber, que este recurso deixa de ser usado em áreas mais essenciais para ser distribuído a partidos para gastarem com suas campanhas caríssimas de marketing.

    2. Opa, chegou a assessoria de imprensa dos deput@dos que legalizaram o roubo.
      Se não fosse nenhum dinheiro novo, nenhum custo adicional para a população, NÃO PRECISARIA TER SIDO APROVADO NADA.
      E por que a correria para aprovar agora em cima da hora? Por que os votos de madrugada? Por que as manobras para aprovar sem maioria no Congresso? A lei foi aprovada por apenas 233 deput@dos e 33 senadores.

  9. Falo há tempos.Não tem mais jeito.Os 3 poderes na 03 esferas da federação estão podres,fétidos,corrompidos.A Grande imprensa e contratados (repórteres, jornalistas,comentaristas,palestrantes e outros istas..) a maioria “Vendidos”. Tribunais de Conta, Partidos,Sindicatos,Confederações,Federações, Sistema S,OAB, uma nojeira.Só uma Intervenção Militar-Estado de Sítio, Nomeação de uma Constituinte para ACABAR com os absurdos da CF de 1988. Como É POSSÍVEL poderes LEGISLAREM em causa própria. O TITANIC JÁ DEU ÁGUA. FA já – Art.142 CF ou qualquer outro que justifique. O STM poderia ajudar.

  10. Antagonista, agora vai entrar o dinheiro roubado do contribuinte oficialmente em forma de fundo e vai continuar entrando o dinheiro roubado do contribuinte por baixo do pano na forma de caixa 2, esse agora vai direto pros políticos pessoa física nas contas privadas deles no exterior. O roubo agora é DUPLO.

    1. Roubo duplo e legalizado. É por onde entrará nas campanhas o dinheiro do Petrolão e que tais. Daí o apio total da bancada petista.

  11. Socorro. Não pensei que um dia
    ia dizer isso, mas por favor: generais, almirantes, brigadeiros – um passo pelo Brasil.

  12. Se não fizermos nada e não ficarmos de olho, vão embolsar essa grana e mais a dos empresários por baixo do pano…É óbvio!!!

    1. Com o financiamento privado nós tínhamos um rastro para perseguir os desonestos.
      Agora o roubo foi legalizado.
      Pelo menos temos a lista dos que legalizaram.

  13. Será lindo quando chegar perto das eleições, mostrar as filas nos hospitais, e depois pra onde foi o dinheiro. Quem são os responsáveis…

  14. E vocês, antagonistas, não ajudaram em nada. Poderiam ter nos alertado. É pra isso que servem jornalistas. Até parece que vocês desistiram de nos alertar para fazermos barulho. Por que será?

  15. Não tem problema, vamos eleger só quem acabar com o FUNDÃO…!!!
    E a imprensa e todos nós temos que ficar de olho para ver se a OCRIM não vai embolsar essa grana. Como sempre um dos membros da OCRIM no Supremo vai dar cobertura …!!!!

  16. PSDB
    Betinho Gomes (PE)
    Giuseppe Vecci (GO)
    Jutahy Junior (BA)
    Marcus Pestana (MG)
    Paulo Abi-Ackel (MG)
    Rodrigo de Castro (MG)
    Rogério Marinho (RN)
    Silvio Torres (SP)
    .
    DEM
    Abel Mesquita Jr (RR)
    Alberto Fraga (DF)
    Alexandre Leite (SP)
    Carlos Melles (MG)
    Claudio Cajado (BA)
    Efraim Filho (PB)
    Eli Corrêa Filho (SP)
    Elmar Nascimento (BA)
    Felipe Maia (RN)
    Francisco Floriano (RJ)
    Hélio Leite (PA)
    Jorge Tadeu Mudalen (SP)
    José Carlos Aleluia (BA)
    Juscelino Filho (MA)
    Mandetta (MS)
    Marcelo Aguiar (SP)
    Marcos Soares (RJ)
    Osmar Bertoldi (PR)
    Pauderney Avelino (AM)
    Paulo Azi (BA)
    Professora Dorinha Seabra Rezende (TO)
    Sóstenes Cavalcante (RJ)

  17. Agora temos um ano para fazer o Supremo derrubar isso.
    E mesmo que derrubem, ainda ficamos com a lista dos votos, que será ETERNA.

  18. Separaram oficialmente uma fortuna bilionária para não ficarem tentados a roubar, é um acinte!, fora os R$ 28 milhões diários. Bandidos!

  19. São sessenta os senadores condenáveis por isso! NÃO SE ESQUEÇAM DELES! https://www.oantagonista.com/sem-categoria/quem-apoiou-o-fundao-de-juca-no-senado/

  20. A criação do fundo eleitoral para financiar campanhas é fundamental para evitar que partidos dependam de doações de empresários e isso vai diminuir a corrupção.

    1. Queria ver empresários doando montanhas de caixa dois agora que a Lava Jato prendeu um monte deles.
      Era de longe o melhor caminho.
      Agora o político não tem nem o constrangimento de ter que pedir dinheiro. Já está retido na fonte. O contribuinte paga obrigatoriamente.

    2. Para de ser trouxa… vai entrar o dinheiro roubado do contribuinte oficialmente em forma de fundo e vai continuar entrando o dinheiro roubado do contribuinte por baixo do pano na forma de caixa 2, esse agora vai direto pros políticos pessoa física nas contas privadas deles no exterior. O roubo agora é DUPLO.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.