Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fundeb entra na barganha do governo Bolsonaro para tentar reverter o reajuste a servidores

O Antagonista apurou que lideranças do governo de Jair Bolsonaro estão em campo para tentar reverter, na Câmara, a derrubada do veto, pelos senadores na noite de ontem, ao aumento de salários de servidores envolvidos no combate à Covid-19.

As negociações envolvem uma emenda à PEC do Fundeb, que será votada ainda hoje no Senado.

Há um grupo de governadores que defendem uma emenda à proposta, apresentada pelo senador Carlos Viana (PSD), que passa a permitir o uso dos recursos do Fundeb para pagar professores aposentados.

Até então, o governo não trabalhava com a possibilidade de apoiar essa emenda.

Mas, com a derrota de ontem, o Planalto sinalizou a líderes da Câmara que topa aprovar a emenda hoje no Senado, com a garantia de que a derrubada do veto de reajuste a servidores seja revertida pelos deputados.

O Planalto espera que, assim, governadores que descumpriram o acordo no veto ao reajuste de servidores possam “se redimir”. A votação da PEC do Fundeb no Senado só vai começar após a votação na Câmara.

Se o Senado aprovar a tal emenda, há risco de a PEC do Fundeb ter que ser novamente apreciada pelos deputados.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO