Fundo russo vai processar Anvisa por difamação da Sputnik V; episódio provoca crise diplomática

Fundo russo vai processar Anvisa por difamação da Sputnik V; episódio provoca crise diplomática
Foto: Sputnik/Assessoria de imprensa do RFPI

O Fundo Russo de Investimento Direto anunciou que vai processar a Anvisa por “espalhar intencionalmente informações falsas e imprecisas” sobre a vacina Sputnik V. 

A decisão foi tomada depois que a Anvisa rejeitou a importação emergencial do imunizante por estados e municípios, alegando falta de transparência do fabricante, recusa à fiscalização e risco de adenovirose na vacina.

O fundo russo, que desenvolveu a vacina em parceria com o Instituto Gamaleya, afirmou que a decisão da Anvisa tinha “motivação política” e seria fruto do lobby americano contra a Rússia no Brasil.

O Antagonista apurou que o embaixador russo Alexey Labetskiy pediu ontem uma audiência com Jair Bolsonaro. Ele foi recebido no Palácio do Planalto pelo almirante Flávio Rocha, secretário de Assuntos Estratégicos.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO