Futura ministra de Bolsonaro tem negócios com a JBS

A futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina, admitiu ter negócios com o grupo JBS.

“Eu tenho uma propriedade, um condomínio com meus irmãos, sou inventariante e minha família arrenda um confiamento para a JBS, que é do lado da nossa propriedade. Isso há muitos anos”, contou ela, na primeira coletiva após ser indicada por Jair Bolsonaro.

A deputada federal acrescentou que tem participação de um quinto na propriedade arrendada ao grupo, mas comentou que não há desconforto em assumir o ministério.

“Só se eu fizesse alguma coisa escondida. Está tudo dentro da lei, com contrato assinado, não vejo nenhum problema. Se o presidente me perguntar, estão lá os documentos.”

Tereza também reconheceu ter recebido, indiretamente, recursos da JBS em campanhas.

“Eu não tive doação da JBS direta para mim, foi via, se não me engano, dois parlamentares do meu Estado. Não tenho problema. Tenho tranquilidade, as doações são legais.”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. hum. já cheira a pocilga. votei no bolsonaro por falta de opção no 2o turno. sou um ptcopata arrependido desde 2003, quando me curei. esses detalhes de vínculos a corruptores não devem ser ignora

Ler mais 87 comentários
  1. hum. já cheira a pocilga. votei no bolsonaro por falta de opção no 2o turno. sou um ptcopata arrependido desde 2003, quando me curei. esses detalhes de vínculos a corruptores não devem ser ignora

  2. Um fato que deve ser observado, é que esses contratos devemter sido celebrados durante o periodo em que ela foi secretaria de agricultura do MS, o que mudaria e muito as circunstancias aparentes.

  3. Mais uma vez repito: A Assessoria do presidente está fazendo água. Desde a facada, tem gente de dentro querendo desmantelar…Viagem no mesmo avião com o vice. Escolhas de ministros. Abre bem o ol

  4. E a Bloomberg acaba de anunciar q a China fechou acordo pra comprar soja da Rússia. Querer imitar o Trump beleza, mas Brasil não tem poder pra nada, quanto mais pressionar a China. Bolsa derretendo.

  5. Só por ela alegar que está tudo dentro da lei e com contrato assinado, já não serve para o novo Governo. Assim fizeram os petebas, tudo dentro da lei (antiético) e com contrato (papel aceita tud

  6. Cavalo de Tróia de dem e psdb no governo Bolsonaro. Ela mesma disse há mtos anos junto com jbs. Conversa mole de inventariante. Parece oportunista. Chegou pra junto de Bolsonaro qdo viu da possibili

  7. Eu também tenho negócios com a JBS, comprei uma maminha de 2 kg ontem! Tenham santa paciência, se formos condenar todos que jantivetam negócios com a JBS iria 60 milhões de pessoas pra cadeia.

    1. Ô Mito, fazer negócios entre pessoas jurídicas: De um lado, uma razão social ligada à JBS, de outro, outra razão social. Um como fornecedor de bens ou serviços e o outro, cliente!!! kkkkk

  8. Olhem, está tudo dentro da lé, léé, léê, leí, lei, me desculpem gaguejar, inclusive antes de aceitar eu consultei o Gilmar e o Lewandowfu. Ah! Perguntei também pro Janot e aquele procuradorzi

  9. Graças ao governo petista, a JBS tornou-se uma gigante que controla a maior fatia do mercado de carnes no país. Qualquer pecuarista, como eu, tem quase que obrigatoriamente fazer negócios com a JBS

  10. Tá mto esquisito. Tem que cair. Mas é dificil, no Brasil, achar alguém ilibado ou que n se misture. Veja Bolsonaro quando tentou encontrar um partido pra concorrer…Acho o PSL no kudomundo

    1. Parece oportunista. Foi cotada pra vice do Alkmin e ele descartou. Se chegou ao Bolsonaro qdo viu a possibilidade dele ganhar. São pessoas que querem só se dar bem. Não condiz com a filosofia da di

  11. Eu gostaria de ouvir o Bolsonaro. Só espero uma coisa, que ele desista essa pessoa. Não me venha com história de que não existe ninguém isento. Ela é claramente dependente do sucesso da JBS.

  12. Está ficando chato uma nova CNN no Brasil, ……..tem muita notícia para esclarecer, falta disposição de correr atrás. Mais fácil ficar fazendo conjecturas .vocês só fazem reunião como o Bon

  13. O Antagonista está certo, é importante para Bolsonaro verificar antecedentes antes de indicar e nomear alguém. Desta forma evita desgaste desnecessário por parte da imprensa do contra.

  14. Negócio legal e documentado é uma coisa, as falcatruas do Tmer, Aécio e do Lula são outras coisas. Percebe-se claramente que existem aqui no site alguns comentários de petistas com dor de cotovel

    1. Concordo plenamente! Muita gente sem noção, que chega a dar nojo de ler. Petistas ressentidos e também bolsomínions fanáticos [Eleitor sério de Bolsonaro não é bolsomínion].

  15. O que chateia é ela querendo influenciar nas decisões soberanas do presidente, que foi eleito levantando bandeiras sobre a embaixada em Jerusalém, pra reaproximar o Brasil de nações livres.

  16. Antagonista, me desculpe, mas a matéria cheira sensacionalismo de esquerda. Se há negócios, e vocês checam que é lícito, não há porque colocar. Aí estão igual à Folha: só para desgastar.

  17. Será que antes de anunciar um ministro, não há ninguém que levante todos esses problemas para evitar dar munição a quem só quer ver confusão? Se já sabiam e avaliaram, toca o barco.

  18. O Bolsonaro tem que corrigir isso rapido. Essa mulher nao pdoe ser ministra na primeira declaração ja desautorizou a decisao do presidente eleito de mudar a embaixada de Israel e agora essa

  19. Vamos deixar de hipocrisia. O contrato é antigo e trata-se de inventário. Assim, é melhor fechar as empresas da JBS, pois todos que negociarem com eles se tornam suspeitos??? Tenha a santa paciênc

    1. Que papo esse de inventariante? Nada a ver uma coisa com outra . Parece q não está sendo honesta. Arranja outra pessoa Bolsonaro

    1. ESTER deixa de bobagem até a Walmart que é um grupo dos Gringos no Brasil a carne lá é Friboi ou seja JBS. É a maior empresa de carnes do Brasil.

  20. Na campanha do 2º turno estranhei o apoio de Bolsonaro ao Reinaldo Azambuza(candidato a reeleição) enrolado com a JBS. Reinaldo Azambuza emplacou essa Tereza Cristina no Governo do Bolsonaro.

  21. O Antagonista também tem negócios com a JBS. Ou não come carne? Ademais, a JBS é vitima. Se não pagasse o “pedágio” exigido pelos corruPTos não teria acesso a empréstimos do BNDES. Era isso

  22. Esses candidatos a Ministro deviam responder um questionário de eliminação antes de serem divulgados para o cargo. Não tem entrevista? Não são investigados nas questões mais básicas?

  23. Sr. presidente, deve haver outra pessoa com competência e idoneidade para sumir essa Pasta. E quanto só Senador José Medeiros, seria bom declinar de sua “coloaboração” também.

  24. Cacetada… algum ser do cenário político é realmente INDEPENDENTE???? PQP!!!!!! Para diminuir, os 3 poderes tinham que ser distribuídos no território nacional, para evitar as amizades nos bares

  25. Eu acho melhor o presidente coloque um outro nome também indicado pela bancada do agro, pelo setor produtivo, pois a deputada já anda discordando do presidente sobe Israel, também.

  26. Nossa vocês resolveram detonar com a futura ministra? O que há de errado, pessoas com capacidade e diferença partidárias (?) participarem de um governo? Não é para unir o país? Entendi não.

  27. Xi… Atenção, Sr. Presidente Eleito, ainda é tempo de evitar uma catástrofe. Há tanta gente sem envolvimentos com empresas envolvidas em escândalos… muito capacitados, com certeza. Maleabili

  28. Com tanta gente competente na área da agricultura, Mito, sob pressão, foi escolher logo esta? Escrevam o que estou dizendo: essa mulher só vai fazer gol contra! Ela tem cara deslavada!