ACESSE

Futura primeira-dama refuta acusações a Bolsonaro

Telegram

Michelle Bolsonaro, a futura primeira-dama, aproveitou entrevista à TV Record para rebater as acusações de que Jair Bolsonaro seja homofóbico, racista ou misógino.

“Ele é tachado como fascista, homofóbico, e nós temos amigos gays. Eu tenho um primo gay”, afirmou a mulher de Bolsonaro.

Michelle prosseguiu: “Ele é tachado como racista. Um dos melhores amigos dele há 20 anos é o Hélio Negão [deputado federal eleito pelo Rio]”.

E também negou que o marido seja misógino, mas acabou falando de xenofobia, segundo o relato da Folha: “Ele é tachado como misógino e ele é casado com quem? Com uma filha de um cearense”.

Com a eleição de Bolsonaro, você precisa se situar no novo mundo da política — e tem de ser rápido. Entenda AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 65 comentários