ACESSE

Fux alega risco de anulação de provas em caso de Flávio Bolsonaro

Telegram

Luiz Fux falou a Andréia Sadi, no G1, sobre a liminar que concedeu suspendendo a apuração sobre a movimentação financeira de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

Segundo o vice-presidente do STF, as provas coletadas na primeira instância envolvendo o senador eleito poderiam ser anuladas na investigação do Coaf por violação da prerrogativa de foro privilegiado.

Fux ressaltou que não suspendeu o caso –apenas o enviou ao ministro Marco Aurélio Mello, relator do processo.

“Se eu não o fizesse, a investigação toda poderia ser prejudicada. Todo mundo sabe que não tenho hábito de suspender investigação.”

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? VOCÊ PRECISA ESTAR POR DENTRO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO PAÍS LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 80 comentários