Fux lamenta morte de Ruth Ginsburg

Fux lamenta morte de Ruth Ginsburg

Em nota, Luiz Fux afirmou que o STF recebe com pesar a notícia da morte de Ruth Ginsburg, ministra da Suprema Corte dos EUA.

Decana no tribunal e pioneira na defesa dos direitos das mulheres, Ginsburg morreu hoje aos 87 anos.

Leia a íntegra da nota:

O Supremo Tribunal Federal recebe com pesar a notícia da morte da juíza e decana da Suprema Corte Americana, Ruth Ginsburg, nesta sexta-feira (18). Sua atuação na defesa da igualdade de gênero, das minorias e do meio ambiente está entre as marcas de sua trajetória seja na advocacia, seja na magistratura da mais alta Corte do Estados Unidos da América.

O STF teve o privilégio e a honra de homenagear Ruth Ginsburg, em maio do ano passado, ao exibir em sessão especial no edifício-sede do Supremo o documentário “A Juíza”, que retrata a atuação desta notável jurista.

Meus sentimentos aos familiares, amigos e a todo povo americano.

Ministro Luiz Fux
Presidente do Supremo Tribunal Federal

Leia mais: Exclusivo: o objetivo secreto do 'inquérito do fim do mundo' do STF
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 26 comentários
TOPO