Fux pauta para dia 30 ação sobre venda de refinarias pela Petrobras

O presidente do STF, Luiz Fux, marcou para 30 de setembro o início de julgamento de ação que discute se a Petrobras pode vender refinarias sem autorização do Congresso e sem licitação.

A discussão já havia começado no Plenário Virtual com três votos contra a possibilidade de venda. Luiz Edson Fachin (relator), Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio consideraram que a estatal não pode vender seus ativos sem autorização legislativa e sem abertura de um processo de concorrência.

Para os ministros, a Petrobras vem transformando suas refinarias em subsidiárias para vender o controle direto no mercado como forma de driblar as obrigações legais de venda de controle de estatais.

Mas, na segunda, Fux interrompeu a discussão virtual para levar o caso ao Plenário presencial. O julgamento estava marcado para terminar amanhã (25/9), mas vai recomeçar na quarta, dia 30.

Leia mais: Esta é a leitura obrigatória para você entender, em primeira mão, o que vai acontecer daqui até a sucessão presidencial
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários
TOPO