ACESSE

Fux pode suspender decisão de Toffoli

Telegram

Por causa do recesso no Judiciário, a ação da Rede contra a decisão de Dias Toffoli que parou investigações baseadas no Coaf foi encaminhada para o gabinete de Luiz Fux, vice-presidente do STF.

Ricardo Lewandowski foi sorteado relator, mas só deve assumir o caso em agosto, após o recesso. Antes disso, Fux poderá acolher o pedido liminar e determinar a retomada das investigações pelo Ministério Público.

Fux, é bom lembrar, foi quem primeiro suspendeu a investigação sobre Flávio Bolsonaro, durante o recesso de janeiro.

Exclusivo: 3 semanas antes de Toffoli travar investigações baseadas em dados do Coaf e da Receita, o Fisco pediu explicações a empresas que contrataram os serviços do escritório da mulher dele. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 81 comentários