Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fux reage à acusação de que Barroso cooptou ministros contra voto impresso

Jair Bolsonaro voltou a atacar o ministro do Supremo; presidente da Corte diz que STF não se furtará do dever constitucional de proteger a democracia
Fux reage à acusação de que Barroso cooptou ministros contra voto impresso
Reprodução/TV Justiça

O presidente do Supremo, Luiz Fux, rechaçou a afirmação de Jair Bolsonaro de que outros magistrados foram “cooptados” por Luís Roberto Barroso contra o voto impresso. “O Supremo Tribunal Federal e cada um dos seus ministros têm independência para agir e decidir, sempre em observância às leis e à Constituição”, disse à Folha.

Fux diz que, na Presidência do STF, tem “promovido a defesa da Suprema Corte e do Estado Democrático de Direito contra ataques e inverdades”.

“O STF e os demais tribunais brasileiros não se furtarão dos seus deveres constitucionais, sempre atuando pelo respeito à Carta Maior, pela proteção da democracia e pela concretização dos direitos fundamentais.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO