Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fux se cala sobre ameaça à democracia; Rosa ainda avalia se irá comentar

Informações foram repassadas pela assessoria de imprensa do tribunal. É a 2ª vez que presidente do STF se cala frente a uma possível ameaça de ruptura democrática
Fux se cala sobre ameaça à democracia; Rosa ainda avalia se irá comentar
Foto: Fellipe Sampaio SCO/STF

O presidente do STF, Luiz Fux, não vai se manifestar sobre a possível ameaça à democracia que teria sido feita pelo ministro da Defesa, general Braga Netto, a Arthur Lira (PP-AL). A vice da corte, Rosa Weber, ainda avalia se vai comentar o assunto ou não. As informações foram repassadas pela assessoria de imprensa do tribunal a O Antagonista.

O jornal O Estado de S. Paulo publicou hoje reportagem sobre uma ameaça à democracia que teria sido feita por Braga Netto, que nega ter feito o ataque.

Segundo o jornal, o general ligou para o presidente da Câmara e afirmou que não haveria eleição em 2022 sem o voto impresso.

O parlamentar então respondeu ao militar, e depois a Jair Bolsonaro, que apoia o governo até em uma eventual derrota eleitoral, mas que não se aventuraria em rupturas democráticas.

Essa é a segunda vez que Fux se cala frente a uma ameaça de ruptura democrática. O silêncio anterior foi sobre os ataques de militares à CPI da Covid, após o presidente do colegiado afirmar que as Forças Armadas estariam envergonhadas com os casos de corrupção envolvendo a “banda podre” dos militares.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO