G7 e o "respeito à soberania"

Telegram

Filipe G. Martins, assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, foi ao Twitter para celebrar a ausência da Amazônia na declaração final do G7.

Ao contrário de reuniões anteriores, desta vez o G7 não divulgou um comunicado oficial, mas uma breve declaração na qual são citados países como Irã, Líbia e Ucrânia, além das manifestações em Hong Kong e da preocupação com o comércio internacional.

“A declaração final dos Chefes de Estado e de Governo reunidos em Biarritz para a 45ª reunião de cúpula do G7, divulgada há pouco, contém apenas uma página e não faz qualquer menção à Amazônia ou a questões ambientais”, tuitou Martins.

Ele escreveu também:

“O bom senso e o respeito à soberania brasileira prevaleceram.”

Comentários

  • Fabricio -

    O Macron precisa de algo para desviar atenção dos coletes amarelos. Político de baixo nível. É melhor fazer como o Boris Johnson: botar o pé na mesa.

  • Luísa -

    Vi há pouco que na entrevista final, o arrogante não descartou mandar tropas para "ajudar" no combate ao fogo. Olho vivo!

  • Wagner -

    Enquanto isso, a b-ib-a Macron não para de abrir a boca do e-sg-ot-o, pobres franceses, é tudo mesmo que vocês têm para votar? amam o e-st-upro e o r-ou-bo por parte dos adoráveis "refugiados"?

Ler 32 comentários