Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Gabbardo diz acreditar que Ministério da Saúde não quis omitir óbitos

Gabbardo diz acreditar que Ministério da Saúde não quis omitir óbitos
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O chefe do Centro de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo, João Gabbardo, minimizou a mudança no sistema do Ministério da Saúde que dificultou a notificação de óbitos e reduziu o número de mortes diárias artificialmente.

Nas últimas 24 horas, foram registras 281, muito menos que as 1.021 contabilizadas nas 24 horas anteriores.

Gabbardo disse a O Antagonista que “deve se tratar de um problema administrativo”.

“Não acho que tenha sido deliberado.”

Gabbardo defendeu que o melhor é aguardar por mais informações. No entanto, ele disse acreditar que o Ministério da Saúde não vai voltar atrás na mudança de método.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO