ACESSE

Gabbardo diz que pode haver 2ª onda da Covid-19 em SP, mas sem 'pressão sobre sistema de saúde'

Telegram

Coordenador executivo do Centro de Contingência da Covid-19 de SP, João Gabbardo afirmou há pouco que existe risco de uma segunda onda da doença no estado, mas sem “pressão sobre sistema de saúde”.

Segundo Gabbardo, a flexibilização das medidas restritivas tem sido adotada em regiões do estado que apresentam redução dos casos e mortes por Covid-19.

“Na última semana, a capital teve um redução de aproximadamente 6% no número de óbitos. A região metropolitana, sem a capital, teve uma redução de 14,5%. E nós tivemos no interior um aumento na ordem de 12%.”

Para Gabbardo, o método adotado pelo governo do estado dá “segurança e possibilita que essas atividades possam lentamente e com segurança voltar a normalidade”.

“Estamos tratando de uma população mais jovem que está voltando a trabalhar, voltando a ir aos bares, alguma atividade social, mas com uma mortalidade e necessidade de atenção [à saúde] muito menor. Isto diferencia essa segunda onda: o número de casos até pode crescer, mas a pressão sobre o sistema de saúde é menor, porque os idosos, os de maior risco, esses continuam em quarentena em casa.”

E concluiu:

“Então, à medida que nós protegemos a população que tem o maior risco, a população que se expõe um pouco mais é uma população mais saudável, mais jovem e que pode até apresentar um aumento no número de casos, mas com uma redução na pressão sobre o sistema de saúde.”

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

  • Nestor -

    Gabbardo outro INÚTIL idem a seu chefe MutreTTa !!!

  • Marcos -

    E o cordão do covid cada vez aumenta mais. Por que não uma 3a. 4a. ou 5a onda? E toca o terror....

  • Ofegante -

    oba...vem aí novas licitações....

Ler 9 comentários