ACESSE

Gabriela Hardt nega pedido da Petrobras para acessar material do BTG

Telegram

A juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal em Curitiba, negou o pedido da Petrobras para acessar o material apreendido pela PF na sede do banco BTG e na residência de André Esteves, diz Mateus Coutinho, na Crusoé.

O material seria usado na defesa da empresa em uma disputa comercial com o banco de Esteves.

A decisão de Hardt leva em consideração a recente determinação de Dias Toffoli de suspender todas as perícias em materiais apreendidos no banco até que o STF se debruçasse sobre o tema.

Leia a nota completa aqui.

A Crusoé não hackeia, mas investiga, apura, prova e publica Saiba mais

Comentários

  • Guilherme -

    A banda podre do do stf faz o jogo das quadrilhas e, portanto, transformou-se em orcrim. Enquanto não tiver povo nas ruas, cuidando de impor os limites da ética, a lambança continua.

  • Ismael -

    O canalha Toffoli já esta pondo em prática o Juiz de Garantias. Sempre a favor dos criminosos, garantindo a impunidade

  • Maria -

    👏👏👏👏👏👏

Ler 21 comentários