Ganhando a aposta

Em 8 de outubro, o Antagonista apostou que a OAB de Marcus Vinícius Furtado Coelho chegaria à conclusão de que não há motivos para o impeachment de Dilma Rousseff. Com isso, a entidade enfraqueceria o pedido de Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaina Paschoal.

O Conselho Federal da OAB só tomará a decisão na próxima quarta, mas já possui um parecer técnico recomendando que o pedido de impeachment da presidente não seja apoiado.

Há dez anos, a entidade assumia postura parecida sobre a possibilidade do impeachment de Lula com base no escândalo do mensalão.

Uma década depois, o Brasil colhe os frutos podres daquela decisão.

Faça o primeiro comentário