Ganime cutuca Dataprev sobre coronavoucher: "Percentual altíssimo de erro"

O deputado Paulo Ganime, líder do Novo, disse a O Antagonista que há um “percentual altíssimo de erro” no pagamento do auxílio emergencial por parte do governo federal.

Auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) identificaram possíveis irregularidades em até R$ 42,1 bilhões pagos como auxílio emergencial do governo de Jair Bolsoanaro em meio à pandemia da Covid-19, como noticiamos.

Ainda segundo a área técnica do tribunal, estima-se que incríveis 9,6% do total de beneficiários tenham sido incluídos indevidamente no cadastro.

“Interessante que a Dataprev havia sido contratada justamente pra fazer essas checagens preventivamente. Mesmo assim, escaparam 9,6% de concessões indevidas. Percentual altíssimo de erro”, afirmou Ganime.

Leia mais: 'Crusoé' revelou pagamentos da JBS ao advogado de Bolsonaro e a participação do presidente em operação em favor do grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista. E os repórteres seguem investigando
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários
TOPO