Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vice de Doria critica Ministério da Saúde por requisição de 'kit intubação'

Vice de Doria critica Ministério da Saúde por requisição de kit intubação
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, criticou nesta sexta (16) a requisição administrativa de remédios do ‘kit intubação’ por parte do Ministério da Saúde.

“Requisição administrativa” é um ato que permite ao governo usar bens ou serviços para atender a necessidades urgentes.

“E qual o grande problema disso? Quando o ministério vem e faz uma requisição de produtos. Ele então, portanto, impede os estados e municípios e rede privada de comprar. Então a partir daí ele assume a responsabilidade de fazer a distribuição, né. Então é fundamental a população ter clareza das responsabilidades. Não fosse a requisição, nós teríamos condições de adquirir diretamente os produtos de intubação (e) distribuir para as redes que estão porventura necessitando”, disse Garcia, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

O secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, disse na coletiva estar aguardando “um aporte de mais de 400 mil doses” de remédios que virão do Ministério da Saúde.

Leia mais:

Kim Kataguiri pede à Justiça para derrubar requisição de ‘kit intubação’ pela Saúde

Gorinchteyn diz a Queiroga que ministério criou cenário de ‘quase caos’ na compra de kit intubação

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO