ACESSE

Gebran: condenação de Lula foi exaustivamente fundamentada

Telegram

Ao manter a condenação de Lula a 17 anos e 10 meses de prisão na ação do sítio de Atibaia, o relator João Pedro Gebran Neto afirmou que o mérito da sentença foi “exaustivamente fundamentado”.

Segundo o desembargador do TRF-4, ficou “perfeitamente delineada” a autoria dos crimes do petista, “destacando-se a sua posição na engrenagem do esquema que assolou a Petrobras e o fato de ser o real destinatário das benfeitorias realizadas no sítio em nome de terceiro”.

Leia AQUI a reportagem de Luiz Vassallo na Crusoé.

Leia também: OS NEGÓCIOS FENOMENAIS DE LULINHA.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 43 comentários